pão integral

Links patrocinados

Preparação: 25 minutos
Fermentação: 4 horas
cozinhou: 45 minutos
pronto em: 5 horas e 10 minutos

Os pães caseiros têm duplo incentivo, fazer você mesmo e saber que o trabalho investido tem uma recompensa satisfatória. Desta vez vamos preparar um pão de trigo integralusando farinha de trigo integral, mas se achar a espelta bem melhor pois o pão vai funcionar melhor e vai sair com um sabor muito bom!.

Links patrocinados

Não vamos usar amassar, será apenas uma questão de deixar a massa dourar sozinha fermentação por tempos intermediários de descanso para que a cada levado consigamos a massa para gaseificar e crescer. O resultado é um pão esponjoso e muito nutritivo, vamos começar pela receita!

receita de pão integral

Ingredientes para fazer um pão integral

Com estas quantidades teremos para um pão de aproximadamente 800 gr:

  • 400 gr de farinha de trigo integral ou espelta
  • 270 ml de água mineral
  • 10 gramas de sal
  • 90ml de azeite

Ingredientes para fazer a preferência

  • 100 gr de farinha de trigo integral
  • 70 ml de água mineral
  • 1 gr de fermento de padeiro seco ou 3 gr de fermento fresco

Como fazer um pão integral caseiro

  1. Começamos a preparar o preferênciapara isso colocamos a farinha em uma tigela, adicionamos o fermento secomisture e acrescente o águaamassamos um pouco e fazemos uma bola que reservamos coberta com filme.
  2. Agora em uma tigela grande, colocamos o farinha restante e adicione o águamisture com uma espátula e quando esses ingredientes estiverem bem integrados, cubra com filme e deixe descansar por 1 hora.
  3. Passado o tempo, mexemos um pouco as duas massas com uma espátula ou garfo para retirar o gás. Tiramos a massa da tigela, espalhamos sobre uma superfície e colocamos o pré-fermento por cima, fechamos com a mesma massa e virando várias vezes fechamos para que fiquem unificados, sem amassar muito, só virando o superfície.
  4. Colocamos essa massa na tigela, cobrimos com filme e deixamos 1 hora descansando novamente.
  5. Agora adicionamos o azeite de oliva e misturamos bem com a ajuda das mãos, viramos e misturamos.
  6. Agora adicionamos o sal e misturamos novamente com este ingrediente. Deixamos descansar novamente na tigela por 1 hora coberto com filme.

  1. Retiramos a massa da tigela sobre uma superfície enfarinhada colocada de cabeça para baixo, pegamos quatro cantos no sentido horário e os colocamos no centro, outros quatro pontos se formarão novamente e faremos o mesmo com eles.
  2. Passamos para um banetón ou tigela redonda de cerca de 22 cm e cobrimos com um pano de algodão enfarinhada Acima, se vemos que abriu um pouco, fechamos com os dedos.
  3. Deixamos descansar novamente por alguns 30 minutos a 1 hora coberto com um pano úmido, para que suba pela última vez.
  4. Entretanto, pré-aquecemos o forno a 250 ºC, com calor em cima e em baixo, e com um tabuleiro com água quente na base do forno.
  5. Depois de fermentada, viramos a massa da tigela para o papel manteiga e fazemos um tufo ou corte no centro em forma de espiga e outro exterior quadrado ou circular com uma faca.
  6. Cozemos o nosso pão colocando o tabuleiro na parte inferior do forno, durante cerca de 45 minutos. Os primeiros 15 minutos serão com o vapor que sai da água e no resto do tempo retiramos o tabuleiro com água e baixamos a temperatura para 230 ºC.
  7. Quando dourarmos, retiramos sobre uma gradinha para esfriar completamente antes de experimentar e pronto!

Pão integral caseiro.
Pão integral passo a passo.

refeições espanholas fáceis

Outras receitas de pão caseiro que recomendo

O pão de nozes e passas é um pão com um bom miolo, recheado com passas e nozes que lhe dão aquele sabor rico quando os encontra quando o experimenta, recomendo!

Proponha-se a preparar pão de forma caseiro, uma receita super fácil que nunca falha e que toda a família vai gostar.

Outro tipo de pão que você pode estar interessado em fazer é o pão de hambúrguer rústico. Perfeito para aquelas sandes, com carne e legumes, onde ao morder o pão não parte e sai todo o recheio, um pão tenro mas resistente.

Sobre o autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quase lá…

0